O apartamento privado de Gustave Eiffel, no topo da mais famosa torre do mundo

  • EXTRA

O apartamento privado de Gustave Eiffel

Em 1890, o escritor Henri Girard, publicou um pequeno volume dedicado à Torre Eiffel. Ele escreveu claramente que toda Paris invejava o arquiteto ousado e sua habitação. E com razão, incluindo nós.

Você gostaria de poder admirar a cidade a partir de 300 metros de altura? Imagine Eiffel sentado tocando seu piano de cauda, ​​com o olhar para as luzes da cidade. Perto do apartamento privado, havia também pequenas salas utilizadas para laboratório científico.

Contam que em 10 de Setembro de 1889, Thomas Edison visitou o Sr. Eiffel. Para homenagear Edison deu ao engenheiro francês um modelo de sua mais recente invenção, o fonógrafo. Era uma ferramenta capaz de gravar e reproduzir o som.

Páginas: 1 2 3