Original cofre secredo: uma lata de ravióli

Original cofre secredo: uma lata de ravióli

Bom era o tempo que, guardávamos as moedas dentro do pote de biscoitos. A gente colocava em uma prateleira da cozinha e qualquer um que passava poderia depositar ou retirar alguma mudança. Muitas vezes considerado uma relíquia da família, todo mundo sabia o que tinha ali. Foi considerado um lugar secreto, um pequeno cofre, um recipiente que usado para guardar e poupar moedas.

A forma tradicional do cofrinho é a do porco de cerâmica ou porcelana, usado principalmente pelas crianças. O cofre tem uma abertura geralmente fina na parte superior que é usada para colocar moedas.

Retirar o conteúdo é mais difícil e requer a remoção de uma tampa ou mesmo (no caso de recipientes cerâmicos) quebrar o próprio cofre. Da América vem em vez da idéia de usar uma lata de ravióli como um esconderijo secreto para o precioso dinheiro.

Aquilo que é apresentado como um pequeno e curioso cofrinho é na verdade uma lata oca com uma pequena abertura na parte inferior que permite o acesso ao interior. O conselho é guardá-lo na prateleira da cozinha, escondido entre outras latas de comida de lata, de modo a estar fora do alcance de mãozinhas gananciosas.

O objetivo é confundir-lo, na esperança de que o conteúdo da lata não seja descoberta por ninguém e por isso nunca seja aberta.

 

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *